18 de mar de 2011

Preliminares

O título é bem sugestivo, mas o texto continua a saga antes de 2005 e o início do namoro.

 Talvez algumas outras pequenas historinhas prepararam o caminho para o que veio depois ou ajudaram um a entender bem o que outro era.

Tudo no final do ano de 2004...

História 1

Numa sessão de filme na casa da nossa madrinha Ana Paula com o pessoal da faculdade, que, aliás, ninguém viu o filme (Tróia), ficamos sozinhos uma hora na sala conversando. Acho que foi ai que descobri que ela era de Itatiaia e o mais curioso, ela comentou que o pai dela aconselhou para ela não se envolver com ninguém da faculdade, por causa da distância...

Ainda bem que ela não ouviu esse conselho!!!

História 2

Quase férias em dezembro e fui à faculdade, entre outras coisas, para buscar uma sacola com CD´s que havia deixado com uma amiga nossa. Tudo muito normal, mas na hora de ir embora, eu pedi para a Fabi segurar a sacola para eu pegar a passagem. O ônibus veio, eu entrei e quando eu dou conta, onde estava a sacola? Esqueci com ela, que até tentou dar uma corridinha atrás do busão para eu tentar pegar, mas não deu certo, ficamos rindo.

Portanto, antes de começarmos qualquer coisa, ela sabia bem a lerdeza que ia ter aguentar!!!


História 3

Em dezembro mim e algumas pessoas da minha sala da facul fizemos um curso de história da arquitetura e neste dia duas aproximações interessantes.  A primeira na Casa de Cultura de Lorena, eu tentei, não de verdade, empurrá-la de uma escada ao estilo Nazareth Tedesco.  Descobri que ela tinha certo receio de escada. Pelo menos ela ficou ligada que eu era bem chato para torrar a paciência! Mas por outro lado na hora de ir embora eu perdi o meu ônibus para ficar com ela no ponto de ônibus até o dela chegar. Eu estava até passando mal, mas fui gentil.

Até que as vezes eu sou legal, nunca entendi por que ela pegava tão mal comigo antes da gente começar a namorar.

Um comentário:

  1. Pior que enquanto eu lia eu só dei risada lembrando de tudo.... Fico muito feliz por vcs...

    Ah, mas só pra lembrar a Fabi.. "vou sair... minha pressão tá abaixando..." "Não não quero bala...."
    Momentos inesquecíveis, não é?
    Um beijão, estaremos lá.

    ResponderExcluir